O que é e como funciona a nota de corte do SiSU?

Há diversos programas privados e públicos que buscam fomentar a educação superior em nosso país e garantir o ingresso de brasileiros na faculdade. Para as instituições particulares, há o FIES e o Prouni, já para as públicas há o ENEM e o SiSU. Ocorre que muita gente ainda tem dúvida sobre estes programas e este artigo visa sanar uma dúvida muito comum: como funciona anota de corte do SiSU? Entenda mais sobre o assunto agora!

Mas o que é o SiSU?

É o Sistema de Seleção Unificada do Ministério da Educação, criado em 2009, com o intuito de unificar o processo de seleção das instituições públicas de ensino superior, através das notas obtidas pelos estudantes no ENEM. Deste modo, você pode se candidatar para o curso desejado em várias instituições federais apenas com uma prova.

Para o cadastro no SiSU o candidato deve fornecer seus dados de inscrição do ENEM e selecionar duas opções de curso. É aí que começam as dúvidas.

Como funciona o processo

O que importa para conseguir a vaga desejada é a nota obtida no ENEM. Para o SiSU 2016 utiliza-se a nota do ENEM 2015. Ao terminar o período de inscrição, após todos os candidatos escolherem suas opções de curso, o sistema do SiSU escolherá automaticamente os estudantes mais bem classificados para cada curso. Os candidatos com as maiores notas conseguem as vagas disponíveis.

É importante salientar que durante o processo de inscrição, que este ano vai de 11 a 14 de janeiro, o sistema atualiza qual é a nota de corte para os cursos. A nota de corte nada mais é do que a nota mínima necessária para conseguir uma das vagas naquele momento específico. Esta nota pode variar tanto para cima ou para baixo durante o processo, dependendo da candidatura ou saída de pessoas interessadas no curso. A tendência, entretanto, é que a nota de corte sempre suba para aqueles mais concorridos.

Vamos colocar em prática?

Suponhamos que o curso de Medicina de uma universidade federal tenha a nota de corte em 820 pontos no primeiro dia de inscrições do SiSU. Se no segundo dia de inscrições vários candidatos com notas acima de 820 se candidatarem para o curso, a nota de corte subirá. O contrário ocorrerá se candidatos com notas acima de 820 pontos mudarem a opção de curso, por exemplo.

Ocorre que, antes do final do processo de inscrição, o candidato pode modificar suas opções, por isso, vamos dar duas dicas para você escolher bem o seu curso no SiSU:
1) Pode ser uma boa ideia acessar o sistema no último dia de inscrições e verificar se a sua nota está acima ou não da nota de corte. Caso esteja muito abaixo, uma boa dica pode ser tentar mudar a sua opção de curso ou de universidade.
2) É importante saber qual a oferta de vagas para o curso desejado para primeira opção, pois se a sua nota estiver perto da nota de corte (mesmo que abaixo) para um curso com muitas vagas, é possível ainda ficar na lista de espera e conseguir a vaga, caso algum candidato não se matricule.

E então, ainda tem dúvidas sobre o SiSU? Deixe um comentário!