Direito: conheça o curso e o mercado de trabalho da atualidade

Pós-graduação

Direito: conheça o curso e o mercado de trabalho

O curso de direito é um dos mais tradicionais e antigos de todo o mundo. Quem se forma na profissão pode ter papel fundamental na sociedade.

26/04/2019 - Equipe Cafeina Nerd
#cursodedireito #direito #faculdadededireito #Vestibular

Direito é um dos cursos de graduação mais tradicionais do ensino superior mundial. O bacharelo leva em média 5 anos e o profissional sai pronto para cuidat da aplicação e do cumprimento das normas jurídicas de uma sociedade e manter um bom relacionamento interpessoal entre os grupos e indivíduos.

Para que o profissional siga em uma das áreas ligadas ao Direito, geralmente como advogado ou promotor, é necessário ter um diploma de em curso reconhecido pelo MEC e passar na prova da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Mas, antes de tudo isso, é preciso passar no vestibular de direito, que costuma ser um dos mais concorridos. Isso ocorre pelo prestígio da profissão e pelo alto salário.

Disciplinas do curso de direito

Durante o primeiro ano do curso de Direito, serão introduzidas as principais teorias gerais do Direito Universal e também ensinados os termos técnicos e procedimentos básicos da carreira. Também será estudada a Língua Portuguesa e um pouco de Psicologia.

Principais disciplinas estudadas durante este ano do curso de Direito:

  • Sociologia
  • Ciência Política
  • Introdução ao Direito
  • Português Jurídico
  • Direito Romano
  • Psicologia Jurídica
  • Direito Civil
  • Direito Penal
  • Direito Constitucional
  • Direito Econômico
  • Direito do Trabalho
  • Direito Administrativo
  • Direito do Trabalho
  • Direito Processual
  • Direito Tributário
  • Direito Empresarial
  • Prática Jurídica (Cível)
  • Prática Jurídica (Penal)
  • Direito Eleitoral
  • Direito Internacional Público
  • Ética do Profissional Jurídico
  • Prática Jurídica  (Trabalhista)
  • Prática Jurídica (Administrativo)

Como é a faculdade de Direito?

A faculdade de Direito é feita para quem quer entrar, rapidamente, no mercado de trabalho. Até porque é necessário adquirir experiência durante o curso e se formar já capacitado para atuar. Estágios são muito bem-vindos e, por isso, o curso não oferece horário integral.

Áreas de atuação para quem faz direito

Civil

O Direito civil trata das normas reguladoras dos direitos e obrigações da ordem privada concernente às pessoas, aos seus direitos e obrigações, aos bens e às suas relações, enquanto membros da sociedade.

Penal

O direito penal “regula o exercício do poder punitivo do Estado, tendo por pressuposto de ação delitos (isto é, comportamentos considerados altamente reprováveis ou danosos ao organismo social, afetando bens jurídicos indispensáveis à própria conservação”.

Tributário

Dominar a legislação tributária é uma das habilidades requisitadas nos profissionais dessa área, responsável por defender os contribuintes e possíveis erros na arrecada de impostos, taxas, etc.

Trabalhista

É aquele que mais interessa ao trabalhador comum. Protege e representa os trabalhadores, empresas e sindicatos.

Contratual

Esse campo do Direito Civil é focado nas questões envolvendo a elaboração de contratos. O advogado representa pessoas físicas ou jurídicas, visando evitar possíveis desentendimentos e conflitos. 

Ambiental

O profissional desta área precisa entender a relação entre o ser humano e o meio ambiente, de forma a representar pessoas, ONGs, órgãos públicos e afins.

Empresarial

Considerado um segmento do Direito privado, o Direito Empresarial se preocupa com as questões jurídicas do comércio, desde os contratos às situações para abertura e fechamento de um negócio, entre outras.

Do Consumidor

O Código de Defesa do Consumidor estabelece a legislação básica do Direito do Consumidor. O advogado atua com as relações de consumo, podendo defender os consumidores ou fornecedores.

Do Estado ou Direito Público

Responsável por regular as relações individuais e o Estado. A legislação da área define as funções e obrigações do Estado e seus servidores. É constituído de outras áreas, como o Direito Constitucional, Administrativo, Penal, etc. 

Eleitoral

São profissionais que representam quem deseja estar presente nessa área e não só na época de eleições. A vida pública de um político é, extremamente, delicada e um advogado sempre se fará necessário.

Direito da Tecnologia da Informação

Este é um dos ramos mais recentes e estuda os nuances relacionados à tudo da área da informática. Nisso se engloba comércio eletrônico, privacidade, dados do usuário, redes sociais, etc… A partir disso, outra ramificação surgiu: o da propriedade intelectual.

Motivos para estudar Direito

Estudar direito é para os apaixonados pela área. Abaixo, listamos alguns motivos que te darão mais vontade ainda de cursar. Veja:

Diversas áreas de atuação

Quem se gradua na área pode concorrer a diversos cargos públicos, trabalhar como advogado ou consultor para empresas, abrir o próprio escritório de advocacia ou ainda dar aula em cursos superiores.

Compreensão da sociedade

Sabe aquelas situações que aparentemente são injustas, como quando alguém comete um crime e não é preso, por exemplo?

Os conhecimentos adquiridos no curso permitem que o aluno entenda corretamente porque isso ocorre e tenha uma visão mais clara do funcionamento das leis e da sociedade de modo geral.

Conhecimento dos seus próprios direitos

Ainda na faculdade, você conhecerá seus direitos como cidadão e saberá como agir quando uma pessoa ou empresa tentar “passar a perna” em você ou em sua família.

Quanto ganha um profissional formado em direito

Um profissional recém-formado tem salário inicial em torno R$ 3.000. Dependendo da área escolhida a se seguir, o salário médio varia entre 3.500 e 5.000 R$. Os advogados mais bem renomados e sucedidos podem passar das dezenas de milhares de reais.

Deixe um comentário