EAD

O que é EAD e quais são as vantagens?

EAD (Educação a Distância) é a modalidade de ensino que mais cresce no Brasil e que promete passar a presencial até 2023. Veja como funciona e as vantagens!

11/10/2018 - Equipe Cafeina Nerd
#EAD

EAD significa Educação a Distância, uma modalidade de ensino, que vem crescendo muito no Brasil e no mundo nos últimos anos. Como o próprio nome sugere, trata-se de um curso, que pode ser livre, de graduação, tecnólogo ou pós-graduação, feito pelo aluno aonde quer que ele esteja. Seja no trabalho, em casa, no ônibus, o único requisito necessário é que se tenha um computador, um celular ou um tablet para acessar as ferramentas que a instituição de ensino irá oferecer.

Atualmente, os cursos da modalidade não têm mais aulas gravadas em salas de aula e enviadas para o aluno. A aposta do momento é na interatividade. Isso significa que o estudante terá games, quizzes, fóruns, conferências e muitas outras ferramentas, que tornarão o ensino atrativo e dinâmico.

Além disso, o aluno conta com uma base presencial para tirar dúvidas com seus tutores, encontrar colegas dos mesmos cursos e realizar provas. Assim, a qualidade do curso é mantida e o contato com profissionais da mesma área também. E, por ordem do Ministério da Educação (MEC), o diploma é igual ao de uma formação profissional.

O perfil do aluno de EAD

Quem procura um curso EAD, geralmente, é aquela pessoa que não consegue ou não quer perder tempo do seu dia, locomovendo-se do trabalho para a faculdade e/ou da faculdade para a casa. Em uma rotina, que já é extremamente ocupada, agendar seus estudos para a melhor hora possível é um grande benefício.

Um breve exemplo: imagine uma pessoa que trabalha 8 horas por dia. Ao invés de, depois do expediente, ir até a faculdade e ficar por mais de 4 horas em uma sala de aula tradicional, o aluno pode ir para casa, jantar com a família, descansar e, aí sim, com a cabeça mais tranquila e preparada, iniciar seus estudos. Bem mais proveitoso, não?

EAD no Brasil

O EAD no Brasil teve ascensão junto com a revolução tecnológica dos últimos anos. Segundo dados divulgados pelo IBGE em 2017, 57,8% da população brasileira tem acesso à internet e, portanto, teria condições de fazer uma faculdade na modalidade.

Em outra pesquisa, desta vez feita pela Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES), até 2023, 51% do público universitário no Brasil será na modalidade EAD contra 49% nas salas de aula tradicionais. Ou seja, o EAD está ultrapassando o presencial em um futuro muito próximo.

Polo de apoio presencial no EAD

Vale destacar que, por mais que a faculdade seja a distância, é exigido, pelo MEC, que haja um polo de apoio presencial próximo à residência do aluno. Isso serve para que seja possível tirar dúvidas com os tutores, fazer contatos e, principalmente, realizar as provas. Estas acontecem uma ou duas vezes por semestre.

Como funciona o vestibular?

Uma das vantagens do EAD está na flexibilidade do vestibular. Isso significa que o aluno não precisa esperar o início de um semestre para tentar o ingresso no curso. Basta marcar um horário com a instituição de ensino e fazer a prova, que em muitas universidades é baseada em uma redação. Depois disso, é só esperar o resultado e, se ele for positivo, fazer a matrícula. Logo, o material de ensino estará à sua disposição.

Os principais motivos para se fazer um curso EAD

Flexibilidade de horários: você cria sua própria agenda, de acordo com a rotina. A organização é fundamental para que o aluno consiga desfrutar ao máximo do curso.

Mercado de trabalho vê com bons olhos: nos últimos anos, o EAD tem sido muito bem aceito pelas empresas. Estas veem um senso de comprometimento e autoridade em quem opta pela modalidade.

Acesso em qualquer lugar: a flexibilidade também acontece em relação à localização. Os estudos podem ser feitos em casa, no ônibus, em uma viagem ou aonde você preferir.

Interatividade: diferentemente de um curso presencial, no EAD uma das grandes vantagens é a interatividade. Por meio de aulas dinâmicas, jogos, quizzes e fóruns, o aluno se sente muito mais atraído e motivado para alcançar seus objetivos, de fato, aprendendo.

Diploma igual: o MEC exige que o diploma de um curso EAD seja igual ao de um presencial. Isso acontece porque os cursos têm uma qualidade igual ou, muitas vezes, superior ao tradicional.

Valor abaixo: como o aluno utiliza muito menos o ambiente físico para realizar seus estudos, o valor da mensalidade acaba sendo bem inferior ao de um curso presencial.

Deixe um comentário