7 erros que você não pode cometer na redação do ENEM

Algumas práticas não são bem vistas pelos corretores da redação do ENEM. Aqui separamos 7 erros que não devem ser cometidos durante o exame.

25/10/2018 - Equipe Cafeina Nerd

1. Sair da estrutura dissertativo-argumentativa

Pode parecer básico, mas existe muita gente que tira nota zero ou perto disso na redação por fugir da estrutura dissertativo-argumentativa. E o que é esse tipo textual? É um formato em que o estudante deve expor sua opinião, apresentar soluções se possível, defender seu ponto de vista com uma linha de raciocínio clara. O texto também deve conter introdução, em torno de dois ou três parágrafos argumentativos e uma conclusão. Não faça uma narrativa, um texto descritivo ou algo parecido. Isso pode lhe tirar pontos preciosos ou até anular sua redação.

2. Abusar de ditados populares

Usar ditados populares em sua redação não acrescentará em nada. E, pelo contrário, podem irritar o corretor e fazer com que ele desconte pontos. Isso evidencia que você não teve a capacidade para se expressar de forma original e precisou recorrer a algo totalmente dispensável para expor sua opinião.

3. Tentar “encher linguiça” ou aumentar o tamanho da letra

Essa tática pode até ter dado certo no Ensino Fundamental, mas não vai colar no vestibular. Os corretores leem centenas de redações e sabem quando o aluno está “enrolando”. Tentar “encher linguiça”, que nada mais é do que colocar frases sem poder argumentativo apenas para tornar seu texto mais denso não vai funcionar. E muito menos aumentar o tamanho da letra. Se você quer ter uma chance de ir bem, não utilize estas técnicas de forma alguma.

4. Usar frases generalizadas e simplistas (senso comum)

Se há algo que os corretores não querem ler de forma alguma é um estudante reproduzindo o senso comum. Não faça isso. Mostre originalidade e capacidade de se expressar em suas frases. Evite frases de efeito, ditados populares e opiniões completamente comuns. Mesmo que você concorde com elas, é preciso mostrar o seu poder argumentativo e porque você crê naquilo que está escrevendo.

5. Fazer parágrafos em apenas um período

Não faça parágrafos que possuam apenas um período. Pontue várias vezes o seu parágrafo, ao menos duas, para deixar suas ideias bem organizadas e mais claras para o leitor. Pode parecer um detalhe muito pequeno, mas os corretores reparam nisso sim e podem lhe tirar até 200 pontos (veja os critérios avaliados no último item da página).

6. Fazer piadas ou brincadeiras e desrespeitar os direitos humanos

Desrespeitar os direitos humanos tira, automaticamente, 200 pontos da sua redação. Então, jamais faça isso (e não somente na prova, mas também em qualquer situação de sua vida). Além disso, piadas e brincadeiras, de qualquer tipo, não são bem vistas pelos corretores e podem fazer com que eles descontem pontos. Opte por mostrar sua erudição e seus argumentos com clareza.

7. Copiar trechos do texto motivador

Quando o estudante não possui conhecimento prévio do tema da redação é comum que ele copie trechos do texto motivador para incrementar seu texto. Não faça isso. Essa atitude só irá revelar que você não possui confiança na sua capacidade de escrita. Se houver alguma frase pequena e muito interessante no texto de apoio, que vá acrescentar qualidade ao seu conteúdo, coloque o trecho entre aspas e dê os créditos devidos.

As 5 competências avaliadas pelos corretores da redação do ENEM

Cada uma das 5 competências avaliadas pelos corretores recebe uma nota entre 0 e 200. No fim, elas são somadas e compõem a nota final. Veja quais são abaixo:

1) Domínio da língua culta brasileira.

2) Compreensão da proposta da redação e aplicação dos conceitos de várias áreas de conhecimento para o desenvolvimento do tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

3) Capacidade de selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos ,opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

4) Conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

5) Elaboração de uma proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural.

Vale ressaltar que são dois corretores que participam da correção de uma prova e a nota final é obtida pela média da pontuação dada por cada um.

Deixe um comentário