Veja opção para estudar ainda em 2019 em uma boa universidade

Veja opção para estudar ainda em 2019!

Veja opções para conseguir vaga em uma grande universidade do Brasil ainda em 2019.

15/02/2019 - Equipe Cafeina Nerd
#creditoeducativo #creditoestudantil #dicasdeestudo #Enem #FIES #Vestibular

Passar no vestibular de uma boa faculdade privada ou então conseguir a vaga nela através da nota do ENEM é uma ótima notícia. Porém, nem todos tem condições de pagar a mensalidade de forma integral. Afinal, muitas vezes elas são elevadas e o estudante possui outros sonhos a serem realizados. Por isso, surgiu o Crédito Educativo, um programa em parceria direta com a universidade e com a menor taxa do mercado e cheio de facilidades para o aluno.

+ SIMULE SEU CRÉDITO EDUCATIVO E AS MENSALIDADES QUE VOCÊ PAGARIA

O prazo para as inscrições no Fies terminou nesta quinta-feira (14) e o resultado sai só dia 25. No entanto, apesar dele ser visto como a última oportunidade ao vestibulando, saiba que ainda é possível estudar em 2019 e com condições ainda melhores. O Crédito Educativo não cobra juros remuneratórios e tem taxas de somente 0,35% ao mês.

Como funciona e por que o Crédito Educativo é melhor?

O estudante contrata o programa de crédito estudantil por quanto tempo precisar, de acordo com seu orçamento e projetos futuros. Com o dinheiro economizado, você pode fazer uma viagem, outros cursos para se especializar ou investir em qualquer outra prioridade desejada.

Após o término previsto do curso, você paga parcelado o valor restante do seu crédito, sem juros remuneratórios e com a menor taxa do Brasil. O melhor de tudo é que você já estará com o diploma na mão.

O Crédito Educativo oferece número ilimitado de contratos e uma forma de parceria direta com a faculdade. É como se o aluno pagasse a quantia para a instituição de ensino, com uma empresa apenas fazendo a intermediação.

No Fies, as regras de subsídio, o limite dos contratos e os juros acima do Crédito Educativo dificultam. Assim como se você recorrer aos bancos, os quais cobram taxas extremamente altas.

Universidades cobram juros menores

Algumas universidades oferecem parcerias e linhas de crédito próprio, com juro zero ou com taxas menores do que em bancos. É nisso que aposta o Crédito Educativo. Você terá tempo suficiente para pagar pela sua educação e, o melhor de tudo é que fará isso com o diploma nas mãos. Você paga metade da mensalidade durante o curso e a outra metade só depois de formado.

Bancos têm opções mais caras

No Santander, a linha é específica para medicina. Os juros chegam a 31% ao ano (2,29% ao mês). O Bradesco possui parceria com diversas faculdades e oferece taxa zero em alguns casos. O Itaú possui parceria com a Pravaler, empresa especializada em crédito estudantil que mantém convênio com diversas faculdades, com juros subsidiados, chegando a zero em alguns casos. As taxas do Crédito Educativo chegam a 0,35% ao mês e 4,2% ao ano. Muito abaixo, não é mesmo?

Deixe um comentário