Exposição sobre fotografia árabe chega a último fim de semana em SP

Exposição sobre fotografia árabe chega a último fim de semana em SP

FacebookTwitterA mostra “Taswir, a fotografia árabe contemporânea” traz, de forma inédita, ao Brasil e à América do Sul, um recorte do acervo de fotografia do Institut du Monde Arabe – IMA, de Paris. A exposição sobre fotografia árabe tem como objetivo explorar o repleto leque de assuntos e temáticas, com questões antigas e importantes contemporâneas, como […]

25/04/2019 - Equipe Cafeina Nerd
#cultura #exposição #Instituto Tomie Ohtake[] #Taswir

A mostra “Taswir, a fotografia árabe contemporânea” traz, de forma inédita, ao Brasil e à América do Sul, um recorte do acervo de fotografia do Institut du Monde Arabe – IMA, de Paris. A exposição sobre fotografia árabe tem como objetivo explorar o repleto leque de assuntos e temáticas, com questões antigas e importantes contemporâneas, como o feminismo. Veja abaixo as informações:

Nome da mostra: Taswir – A fotografia árabe contemporânea
Local: Instituto Tomie Ohtake – (Entrada pela Rua dos Coropés, nº 88)
Avenida Faria Lima, 201, Oeste 01451-001
Data: 28 de março a 28 de abril
Horários: Terça a domingo, das 11h às 20h
Telefone (11) 2245-1900
Valor: Gratuito

!Os artistas recuam, no tempo e no espaço, dos tumultos atuais. Eles se distanciam, às vezes fingem que ignoram, mas os fragmentos da realidade – seja social, histórica ou cultural – transpiram em suas imagens. De certa forma, todas essas fotografias são testemunhas dos dias conflituosos em que vivemos”, afirma Gabriel Bauret, integrante da 2ª Bienal.

A exposição sobre fotografia árabe traz ao todo cerca de 70 trabalhos de 14 artistas diferentes da África, Golfo Arábico e Oriente Médio, como Egito, Palestina, Síria, Marrocos, Tunísia, Jordânia e Arábia Saudita, por exemplo. Taswir, que significa o ato de fotografar, reflete trabalhos que passam longe do estereótipo, com temas diversos. O destaque é para a identidade de gênero e o feminismo.

Os artistas e as obras de Taswir fizeram parte da 2ª Bienal de Fotografia do Mundo Árabe e a exposição Cristãos do Oriente – 2.000 anos de história (IMA), ambas realizadas na capital francesa em 2017 e 2018 respectivamente.

Deixe um comentário