A importância de uma boa noite de sono para os estudos

Pós-graduação

A importância de uma boa noite de sono para os estudos

Ter uma boa noite de sono pode influenciar nos estudos mais do que você pode imaginar.

08/02/2019 - Equipe Cafeina Nerd
#descanso #Dicas de Estudo #Estudos #sono

Provavelmente, a essa altura, você já sabe que uma boa noite de sono pode resolver inúmeros problemas de vida e sociais. Mas, talvez você não imagine o quanto isso pode influenciar, positivamente, no seu desempenho nos estudos.

Segundo pesquisa da Fundação Nacional do Sono dos Estados Unidos, cada idade possui um número de horas necessário para aproveitar toda sua capacidade cognitiva. Veja abaixo:

  • Recém-nascidos – de 14 a 17 horas por dia
  • Bebês de 4 a 11 meses – 12 a 15 horas por dia
  • Crianças de 1 a 5 anos – 10 a 14 horas por dia
  • Dos 6 aos 13 anos – 9 a 11 horas por dia
  • De 14 a 17 anos – 8 a 9 horas por dia
  • De 18 a 64 anos – 7 a 9 horas por dia
  • De 64 em diante – 7 a 8 horas por dia

Prejuízos do sono para os estudos

Agora que você já sabe qual a quantidade de sono ideal para manter o seu corpo saudável, é preciso saber o que acontece quando você dorme apenas 4, 5 horas por noite. Seguinte: seu corpo e sua mente vão apresentar desgaste, dores musculares, dores de cabeça, diminuição da capacidade cognitiva, de concentração, aumento no nível de estresse e até seu sistema imunológico fica mais sensível. Além disso, se a atitude for constante, a longo prazo, você irá envelhecer precocemente, tornar-se propenso a doenças como diabetes e obesidade.

Agora, tente imaginar você estudando com todos esses percalços. Com certeza, seu desempenho máximo ficará longe de ser atingido. Outra pesquisa, realizada nos Estados Unidos, mostrou que pessoas que ficam 19 horas sem dormir apresentam níveis de concentração mais baixos do que aquelas que ingeriram álcool.

Além disso, quando você descansa adequadamente, consegue realizar as atividades com mais eficácia e agilidade. Sua memória é ativada e seu equilíbrio físico e mental têm bons ganhos.

Atualmente, uma considerável parte da população possui distúrbios de sono. A insônia é a mais famosa, mas também há a apneia, o bruxismo, o sonambulismo e a síndrome das pernas inquietas. Estes podem ter inúmeras causas e devem ser tratados com profissionais especializados.

Aqui abaixo listamos algumas atitudes que podem melhorar a qualidade do seu sono e, consecutivamente, a qualidade da sua vida. Veja:

  • Praticar exercícios físicos ajudam a relaxar ao deitar e também na postura.
  • Desligar televisões, computadores e quaisquer dispositivos que emitam luz.
  • Comprar colchão adequado para o seu biotipo.
  • Não estude na cama perto da hora de dormir
  • Evite alimentos pesados pela noite

Trocar o sono por estudos atrapalha mais do que ajuda

Uma pesquisa feita pela Universidade da Califórnia em Los Angeles (UCLA), nos EUA, mostrou que deixar de dormir algumas horas à noite para estudar mais piora o desempenho do aluno no dia seguinte. Esse é um comportamento comum principalmente quando a pessoa está prestes a fazer o vestibular. Os cientistas, liderados pelo professor de psiquiatria e ciências biocomportamentais Andrew Fuligni, analisaram por duas semanas variações em 535 alunos de três séries diferentes do ensino médio.

Portanto, como conclusão, saiba que o sono é uma parte importante da sua vida e se você não levá-lo a sério pode ter prejuízos sérios à sua saúde.

Deixe um comentário